domingo, 4 de julho de 2010

quinta-feira, 1 de julho de 2010

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Todos a caminho do Challenger 2010

é só diversão (e um bocadinho de competição)!



tens de estar atento a http://www.altorelevo.org/

domingo, 6 de junho de 2010

a visita ao algar Zé de Braga.

Integrada na Iniciação à Espeleologia, do ARCM. Maio 2010.

sexta-feira, 4 de junho de 2010

VISITA AO BERGER

Visita de colegas Portugueses, em 2008.

sábado, 24 de abril de 2010

Treino na Marradinha, dia 18 de Abril de 2010

A música é "Dirty and Clean" de Stephanie Schneiderman.

Santo António


No passado dia 18 de Abril o tempo estava nublado e chuviscava. Fotografar flores estava mais dificil,não só por falta de luz mas também porque muitas estavam fechadas. Aqui ficam 2 fotografadas junto a Santo António ( Cephalanthera acima e Ophrys abaixo).

segunda-feira, 19 de abril de 2010

boleia até à marradinha

E lá fomos nós mais uma vez à Marradinha!
(assim é fácil apanhar boleia!)

Apreciar as belezas naturais...
 (não, não é essa...)

As excêntricas que lá dentro se podem observar.
e as flores já do lado de fora.

quarta-feira, 14 de abril de 2010

terminado mais um curso em 2010-04-11

Os meus parabéns aos sete novos "quase" espeleólogos do ARCM.

Bora lá para o próximo nível.

sábado, 20 de março de 2010

Bioespeleologia

O documentário, feito em Dezembro de 2009 sobre o trabalho da Ana Sofia Reboleira, que serviu de introdução à entrevista à ilustre colega. Esta entrevista passou hoje na 3ª parte do Bom Dia Portugal - RTP1 pouco antes das 11h.
Os meus parabéns à Ana Sofia. Esteve muito bem (e linda!).


A entrevista no Bom Dia Portugal, começa ao minuto 40 (10h41min) após a entrevista sobre o Portugal Fashion e as notícias sobre futebol. (cliquar neste link)
http://ww1.rtp.pt/blogs/programas/bomdiaportugal/?k=3-parte-do-Bom-dia-Portugal-de-2010-03-20.rtp&post=7209

domingo, 7 de março de 2010

Espeleo FORMAÇÃO já!

Toca a divulgar e inscrever!

Promete-se boa disposição e camaradagem.

para inscrições ou pedidos de informação, usar o endereço de e-mail: espeleologia@altorelevo.org

Depressa! As vagas são limitadas.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Contenda a seco e Contenda molhada

Em face das discussões surgidas sobre o vídeo do André sou a publicar um vídeo histórico, do tempo em que saíam "morcões" da Contenda (2009-10-24). Agora sai água. Para que não restem dúvidas cá vai:


Agora comparem com o post abaixo em que se vê o rio a sair do mesmo buraquito.

5 meses após a cota de água subiu uns 80m, mais coisa menos coisa.

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

a Contenda a transbordar

Filme recente do André Reis (CEAE-LPN) que mostra um rio a sair da entrada da gruta da Contenda.

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Resgate em montanha

Finalmente disponível a história do dirigente clubístico que se meteu com uma profissional e teve de ser resgatado (não, não é o do FCP, mas é um gajo do Norte, carago).

domingo, 24 de janeiro de 2010

Sobrevivente

Há muito que era sabido (por exemplo: ver informação da C.M. Valongo) que a única população conhecida de Lycopodiella cernua, em Portugal Continental, era uma pequena colónia num talude com cerca de 200m de extensão, no vale do rio Ferreira junto à aldeia de Couce, Valongo.
Como se pode ver (projecto do sítio PTCON00024, info da C.M. Valongo) este facto justificou (e bem, a meu ver) a candidatura do Vale de Couce / Parque Paleozóico a Sítio. Entre outros, este facto justificou alguns protocolos com, por exemplo, a Universidade do Porto, para estudo e preservação da colónia.
No entanto toda esta preocupação não evitou que alguém (habitante local ou um serviço contratado) tivesse, há uns 4 anos se a memória não me atraiçoa, procedido à cuidadosa limpeza do referido talude de residência dessa última colónia, fazendo-a desaparecer.
Vem a propósito referir que, e contrariamente à intenção projectada de controlar as espécies invasoras, a população de Hakea sericea, nesse talude, floresce e multiplica-se aproveitando o espaço de taludes cuidadosamente limpo, apesar de ser invasora (origem australiana - informação disponível no portal do ICN descrição da Hakea sericea).
Ora hoje, dia 24 de Janeiro de 2010, tive a alegria de verificar que, como nas histórias do Asterix, nem toda a colónia foi dizimada. Na minha visita regular ao talude para verificar se teria havido algum sobrevivente encontrei um exemplar (só um ao fim de 4 anos!) que apareceu para dar um ar da sua graça (1ª foto e foto de detalhe).
Será que agora vai haver o cuidado de limpar este talude com cuidado para que ela possa singrar? Ou vai ser, outra vez,limpo o talude para que as hakeas (ou outras invasoras) tenham mais espaço de progressão?

Já agora deixo mais algumas fotografias da marcha de hoje pelo Vale de Couce:




2ª foto - Fissidens, um musgo particularmente bonito.

3ª foto -  Erica arborea, uma das muitas variedades de urze existentes por cá.

4ª foto - o rio Ferreira espraiando-se em frente à aldeia de Couce (a aldeia está escondida à direita
 da imagem).

Quem quer usufruir e ajudar a preservar este vale a 12km do Porto?